instalacao-de-redes-de-protecao

As Melhores Redes de Proteção de 2019 (Polietileno ou Poliamida)(Tamanho 5x5 ou Tamanho 3x3)

Existem 2 tipos de Rede:

  1. As confeccionadas em polietileno virgem de alta tenacidade. A mais utilizada e recomendada pela ABNT e Instituto Falcão Bauer.
  2. As de poliamida construída com poliéster e fios de seda.

Logico que todos irá escolher a primeira opção, principalmente quando o conhecimento é claro e gratuito.

Afinal, não é fácil a decisão de investir dinheiro em algo que não sabemos se vai garantir a segurança de nossa casa, concorda?

Porém poucas pessoas conhecem e sabem as características das telas. Nesse post iremos tirar todas as duvidas e suas utilidades.

Saiba tudo sobre estes dois compostos químicos que são utilizados na fabricação de redes de proteção. Para proteger seu cão, gato, ou criança pequena o ideal é investir em uma rede como esta.

Polietileno

Em São Paulo, a matéria-prima utilizada para a produção de redes de proteção é o Polietileno, suas principais características são:

  • Aspecto plástico;
  • Resistente contra ação do tempo, e de desgaste;
  • É sete vezes menos pesada que o aço;
  • Deve ser utilizada em sacadas e janelas.

 No mercado, o Polietileno pode ser encontrado em 5 variações diferentes, e todas podem ser comercializadas, e inclusive recicladas. Este material possui os seguintes benefícios “resistência ao impacto, alta flexibilidade, boa trabalhabilidade e estabilidade térmica e química”.

O Polietileno contribui para a sustentabilidade no Planeta Terra, já que este pode ser reciclado apenas em processo de aquecimento. Este material também é conhecido na indústria como PEAD, e pode ser utilizado na fabricação de outros produtos.

redes-de-protecao-cristal

Poliamida

Trata-se de um polímero termoplástico composto por monômeros de amida, que é utilizado na fabricação de fibras sintéticas, que são extremamente importantes para produzir suturas cirúrgicas, para fabricar produtos da indústria têxtil, e para objetos domésticos como as redes para proteger animais e crianças.

Também é popularmente conhecida como Nylon, é comumente utilizada em buffet infantil, por não possuir tratamento anti-uv, e por não ser impermeável como o Polietileno, não é recomendado seu uso externo, pois pode diminuir seu tempo de vida útil.

A Poliamida é bastante parecida com um tecido, por isso, podemos identificar facilmente a diferença entre os materiais.

Matéria-prima

As redes podem ser fabricadas de maneira artesanal ou por meio de processo industrial, na maioria das vezes podem ser utilizados materiais reciclados na sua produção, ou mesmo o poliéster secundário, o PET, ou mesmo o polietileno secundário.

Os materiais recicláveis devem ser utilizados na fabricação de redes de proteção esportiva, já para as residências como em janelas, sacadas, varandas, por exemplo, devem ser utilizados materiais 100% virgens, e são produzidos através de sistema industrial como o nylon Poliamida e o Polietileno. 

Ambos os nylons são produzidos com base em um processo chamado de multifilamentos.

Resistência

Antes de serem comercializadas, as redes passam por um processo de normatização, onde são utilizados corpos de provas em laboratórios, com o objetivo de testar a resistência dos dois tipos de nylons usados na fabricação.

Em produtos novos, recomenda-se uma resistência de 550 kgf/m², depois de três anos de uso, o recomendável é de 275 kgf/m². Todas as redes de proteção ajudam a proteger contra quedas em ambientes como janelas, sacadas, varandas, mezaninos, guarda-corpos, paralelepípedos, etc.

Ambos os materiais, o Polietileno e a Poliamida são muito resistentes e já foi comprovado com testes em laboratórios.

Qualidade do polietileno

O  Polietileno de alta densidade, possui um tipo de sistema iniciador maior do que o de baixa densidade. Sua cristalinidade também é alta, o que permite uma fusão em temperatura elevada.

Suas características elétricas são minimamente afetadas pela densidade, e também pelo peso molecular do polímero. Para produzir o PEAD, requer pouca reatividade química, e independente de seu nível de Ph, o polietileno é estável em soluções salinas.

O polietileno somente deve ser dissolvido em hidrocarbonetos alifáticos e aromáticos.

Qualidade da poliamida

A Poliamida é conhecida como a fibra mais nobre entre as fibras sintéticas, além da produção de redes de proteção, esse tipo de matéria-prima também é utilizado na fabricação de roupas de academia, e lingeries.

Por ter boa elasticidade, sua resistência mecânica acaba se tornando mais eficaz, e assim, este absorve menor quantidade de umidade. Em forma de tecido, este composto químico pode secar rápido e é resistente a fungos e bactérias.

Em apartamentos, a Poliamida é regulamentada pela ABNT, para proteção de animais e crianças.

redes-de-protecao-sp

Diferencial

Nossa empresa trabalha com tela de proteção para gatos há 18 anos, e seguimos normas nacionais e internacionais como o Instituto Falcão Bauer – Norma NBR 14718 – Anexo C e o ISO 9002.

Fabricamos redes e telas de proteção que podem ser instaladas em  janelas, sacadas, varandas, quadras, piscinas, escadas, brinquedos em casas, apartamentos ou indústrias.

Os clientes podem escolher diferentes cores, tamanhos, conforme  a sua necessidade. Usamos ambos os compostos químicos mencionados no artigo para a produção de nossas redes de proteção, e seguimos tanto padrões nacionais como internacionais.

Tempo de uso e manutenção

No caso das redes de nylon, há uma revisão para averiguar os ganchos, pois eles devem ficar fixos do modo correto. Quem já possui uma rede como esta, deve ficar atento ao prazo de troca que são no máximo de 3 anos.

Caso não lembrar há quanto tempo a sua rede foi colocada, o correto é chamar o técnico responsável para fazer uma avaliação. Não se esqueça que, a segurança dos moradores da residência ou dos trabalhadores da empresa devem estar sempre em primeiro lugar.

Onde usar as redes de proteção?

As redes de proteção podem ser utilizadas em apartamentos, residências e em estabelecimentos comerciais, em locais onde o risco de queda pode representar um risco ainda maior.

Os lugares mais comuns onde as redes são instaladas são:

  • Piscinas;
  • Sacadas;
  • Janelas;
  • Varandas;
  •  

 Geralmente, costumam contratar este tipo de serviço, pessoas que tenham animais de estimação e crianças menores de 5 anos, as redes são bastante populares em apartamentos, mas há uma tendência também nas residências térreas.

Se ainda está com dúvida, peça auxílio de um técnico para saber se há necessidade ou não de colocar uma rede, procure examinar a altura do ambiente, mas se o local já houve acidente o ideal é ter uma rede para proteger a área e os usuários daquele ambiente.

As redes também cuidam das pessoas com doenças psicomotoras, pois elas atuam diretamente na proteção contra acidentes graves. Atualmente, no mercado é possível encontrar redes para todas as finalidades, até mesmo para nos livrar de insetos.

Se a sua casa está repleta de idosos, crianças pequenas e animais de estimação, e não tem uma rede como esta, pode ser a hora de instalar uma.

Conclusão

Faça uma cotação sem compromisso, e veja como é simples ter redes de proteção para cuidar de quem mais ama. Sua casa vai ficar mais protegida e moderna com nossas redes.